Lábios Vaginais (Ninfoplastia)

A Cirurgia Plástica do órgão genital feminino é também chamada de labioplastia ou cirurgia íntima.

Os principais problemas apresentados nesta região são:

. grandes lábios maiores do que o normal;
. flacidez nos grandes lábios;
. pequenos lábios maiores que o normal, ultrapassando a borda dos grandes lábios.

Essas características podem causar desconforto estético, funcional e emocional. Muitas mulheres deixam de usar roupas justas, de ginástica ou biquínis por constrangimento. Existe, ainda, o problema de que lábios volumosos dificultam a penetração do pênis, causando dor na relação sexual, além de que mulheres com tais problemas apresentam maior probabilidade de contrair infecções e aumento do corrimento vaginal.

A cirurgia plástica de intimidade visa resolver tais problemas com o mínimo de cicatrizes visíveis, proporcionando maior naturalidade.
Nos grandes lábios, se faz uma incisão na junção entre os grandes e os pequenos lábios. Dessa junção retira-se uma faixa de pele e o excesso de gordura. Pode-se ainda, através deste corte, retirar a gordura dos grandes lábios. Se ainda assim, a flacidez persistir grande, deve-se fazer a ressecção de uma faixa de pele na lateral. O resultado final é um lábio com menor flacidez, menor volume e cicatrizes, praticamente, não aparentes.

Os pequenos lábios possuem a característica de terem uma borda afilada. Para mantê-la com essa característica, extirpa-se apenas uma faixa de mucosa dos dois lados, preservando a borda, sem cicatrizes, mantendo a sensibilidade da região.

É considerada uma cirurgia de pequeno porte e não requer internação, podendo ser realizada em esquema Day Hospital ou em caráter ambulatorial . As cicatrizes não são aparentes e não existe a perda da sensibilidade no local.

 


-->